Maastricht, Países Baixos "O Glutton® é imprescindível para percorrer as ruas"

Joop BONEKAMP

Joop BONEKAMP - Chefe de projeto do Serviço de Limpeza da cidade de Maastricht

Merian THOMISSEN

Merian THOMISSEN - Chefe da equipa Intramuros do Serviço de Limpeza da cidade de Maastricht

Cartão de identidade:

ALGUNS NÚMEROS

  • 7/7 dias, 24/24 horas
  • Numerosos eventos interessantes
  • Cidade verde
  • Inúmeras beatas

4 Glutton® em serviço

Entrevista

Gostaria de partilhar algumas palavras a propósito do seu departamento?

Joop: Chamo-me Joop Bonekamp e trabalho desde 1980 para a cidade de Maastricht, principalmente no Serviço de Limpeza. Somos responsáveis pela limpeza da cidade de A a Z, sendo que sou chefe de projeto para o conjunto do serviço. Estou sempre em busca de inovações e melhorias, e também faço a gestão do orçamento.

Merian: Chamo-me Merian Thomissen e sou chefe da equipa Intramuros. A cidade é segmentada em três zonas: Maastricht Este, Maastricht Oeste e Intramuros, o meu serviço. O Serviço de Limpeza da cidade velha zela para que a zona permaneça limpa e garante uma qualidade A. Sou responsável desde 2001.

Quais são as especificidades da sua cidade?

Merian: Diria a vertente de "bon vivant". Contamos com muitos eventos em que estão ao dispor alimentos e bebidas. Inclusive, foi criado o "Food Festival", que tem lugar no parque público em pleno centro de Maastricht. Quem fala em eventos, fala em resíduos adicionais... Procedemos do seguinte modo: é implementado um sistema de barreiras e o serviço limpa a zona circundante. No entanto, espera-se que tudo seja limpo num determinado período de tempo, uma vez que algumas pessoas não participam nos eventos e gostam de passear num parque e num centro da cidade limpos. Consequentemente, há sempre muita pressão, sendo que temos de solucionar sempre o problema, planificar, ser capaz de enfrentar esta ou aquela situação e refletir relativamente a formas de melhorar a organização para o ano seguinte.

Qual é a sua missão? Quais são os desafios com que se depara?

Joop: Dispomos de um responsável interno que estabelece as ordens. É a assembleia municipal que nos atribui missões. Convencionámos com a mesma garantir uma determinada qualidade no que diz respeito à limpeza do centro da cidade. Trata-se de qualidade A+, segundo a classificação nos Países Baixos: a qualidade mais elevada do ponto de vista da limpeza. Temos de a garantir 7 em 7 dias e 24 sobre 24 horas. É uma tarefa muito difícil. Procuramos continuamente encontrar soluções e tentamos sempre trabalhar melhor e mais rapidamente, assim como causar menos perturbações, nomeadamente para não prejudicar as pessoas que se deslocam a Maastricht para fazer compras. No centro da cidade, as lojas estão abertas 7 em 7 dias. É indiferente que seja sábado, domingo ou durante a semana, há sempre clientes. Há sempre eventos mais ou menos importantes, onde temos funções a desempenhar e que constituem para nós trabalho suplementar. Naturalmente, procuramos sempre continuar a garantir a qualidade A.

Quando descobriu o equipamento Glutton®?

Joop: Já descobri o equipamento Glutton® há muito tempo, na Bélgica. Na Bélgica, o Glutton® é visível por todo o lado, quer seja em Anvers, em Bruxelas ou na costa. Adquirimos o nosso primeiro Glutton® há alguns anos graças sobretudo a uma política de subsídios de que pudemos beneficiar e de que a vossa empresa nos informou. Eu ignorava a existência de tal equipamento, e fiquei rendido. Não perdi tempo: percebi que precisávamos do Glutton®, e rapidamente. Há dois ou três anos que trabalhamos com o equipamento Glutton®. Começámos por uma unidade e agora temos quatro. Há que motivar cada pedido de subsídio, indicando o material e os objetivos visados pelo pedido. Estes procedimentos são bastante complexos, mas no final é muito agradável poder utilizar quatro aspiradores de resíduos Glutton®.

Na sua opinião, quais são as vantagens do Glutton®?

Joop: Cada vez mais, os profissionais de hotelaria são extremamente perturbados pelos ruídos ocasionados pelas varredoras com motor a diesel e pelas sopradoras de folhas. Consequentemente, procuramos substituir os motores a diesel ou a gasolina por motores elétricos, claramente menos ruidosos. É verdade que o Glutton® é uma boa solução: praticamente não se ouve. Assim, evita-se ao máximo o ruído. É muito prático, sobretudo para quem trabalha todo o dia no centro da cidade. Um equipamento com um motor elétrico não perturba ninguém. Chama a atenção, as pessoas afastam-se, mas não são causadas perturbações sonoras.

Na sua opinião, o Glutton® representa uma boa solução para os utilizadores e para os habitantes da cidade?

Merian: Os colaboradores adoram trabalhar com o Glutton®. Temos sobretudo utilizadores regulares, que têm muito cuidado. Isso é muito bom porque assumem as suas responsabilidades. No que diz respeito à manutenção: ninguém vai embora sem ter limpo o aspirador. Para além disso, considero que a máquina valoriza o utilizador.

Joop: Também recebemos muitas reações positivas da parte dos habitantes. Isso explica-se pelo facto de existirem bastantes árvores pequenas no centro da cidade, sendo que Maastricht é uma cidade muito verde em comparação com outras cidades. As árvores são rodeadas por uma estrutura rígida e uma grelha. Com um veículo grande ou com as pinças para resíduos, o acesso é difícil. Contudo, o Glutton® chega e concede um aspeto mais limpo à cidade.

Merian: Para além disso, verificámos outra situação desde que utilizamos o Glutton®... Anteriormente, quando entrávamos no centro da cidade, mesmo que tudo estivesse limpo, existiam sempre beatas no chão. As beatas eram visíveis a cem metros de distância. Esta imagem agora desapareceu do centro da cidade. O Glutton® proporciona um real valor acrescentado. As beatas eram um transtorno, mas agora já nem estão visíveis. Em todos os casos, o Glutton® é imprescindível para percorrer as ruas.